Cadastre-se | Login

Notícias

10/09/2014 - 12h42

Coliseu Extreme Fight agita Arapiraca em mais um grande evento

 


Foto: Divulgação Coliseu

Nocaute brutal, luta sangrenta e empolgante disputa de cinturão marcam a 11ª edição do melhor evento de MMA do Brasil

O público de Arapiraca pode se orgulhar de ter sido cidade palco de algumas verdadeiras batalhas no Coliseu Extreme Fight 11 realizado no ginásio Papa João Paulo 2º.

Dez lutas que levaram ao delírio o público presente com os mais diversos tipos de resultados e formas de se desenrolar um combate.

Teve luta chata, luta empolgante, luta polêmica, nocaute, finalização, ou seja, um show de MMA completo, digno do maior evento de MMA do Brasil.

Destaques para o nocaute brutal de Diogo “Fofão” sobre Anderson “Fala Mansa” em apenas 32 segundos.

Não menos brutal, porém, recheada de polêmicas, a luta entre os até então invictos, Luciano Palhano e Roniele “Blindado” durou três rounds, graças a intervenção da dupla de cutmans do evento, que conseguiram às duras penas manter a luta até a decisão unanime dos juízes laterais.

Árbitro central da peleja, Flávio Almendra bancou a continuação da luta, quando os médicos achavam que a luta deveria ter sido interrompida ainda no primeiro round pelo corte que “Blindado” recebeu no rosto.

“Tenho minha consciência tranquila por ter preservado uma luta entre dois atletas invictos e o fato dos atletas e seu corners terem me agradecido por isso, o MMA é um esporte duro e está acima do show.” Falou o árbitro.

O main event foi entre dois dos melhores pesos moscas do Brasil, o recém-chegado na categoria, Gilbertinho “Cangaceiro” e o campeão Giovanni “Soldado”.

Depois de dominar o duríssimo Gilbertinho por quatro rounds seguidos, Giovanni foi surpreendido pela pressão final do atleta da Constrictor Team, que por pouco não finalizou a luta em um justo Katagatame, porém, o preparo físico e técnico do campeão mais uma vez prevaleceu e o cinturão permaneceu com a equipe Hikari, de Natal.

Confira abaixo os resultados de mais uma belíssima edição.

Coliseu Extreme Fight 11

Sábado, 06 de setembro de 2014, às 20h

Ginásio João Paulo II, Arapiraca – AL

Resultados Completos

Card Oficial

Disputa de cinturão Peso Mosca

Giovanni da Silva “Soldado” (Hikari) venceu Gilberto Dias “Cangaceiro” (Constrictor Team) por decisão unanime

Categoria Peso Médio

José Aparecido Santos “Zeca Predador” (Nordeste Jiu-jítsu) venceu Walison Pereira (Ricardo Feitosa) por finalização (Guilhotina) aos 2:22 do 1º round

Categoria Peso Leve

Luciano Palhano (M Guerra Team) venceu Roniele Gomes “Blindado” (Mario Sukata Team) por decisão unanime (Arbitro: Flavio Almendra)

Categoria Peso Pena

Janio Rodrigues “Vitamina” (Ryan Gracie Team Butantã) vs. Alexsandro Santos “Miudinho” Empate (Champion Team | Nordeste Jiujitsu) (Arbitro: Thamir Pereira)

Categoria Peso Galo

Jeferson Vieira “Pitbull” (Adois Fight) venceu Thayã Paulino de Almeida por finalização (Mata-Leão) aos 3:47 do 1º round (Original Cage | Sport Boxe) (Arbitro:Thamir Pereira)

Categoria Peso Pena

Otávio dos Santos “Besouro” (Shock Fight | MMA Trainer) venceu Pedro Gomes (Nordeste Jiu-jitsu) por decisão dividida (Arbitro Rodrigo Castanheira)

Categoria Peso Leve

Diogo Cavalcanti “Fofão” venceu Anderson Diniz “Falamansa” (Hikari | Eclipse) por nocaute aos 0:32 do 1º round (Constrictor Team) (Arbitro: Chico Melo)

Categoria Peso Palha

Marcone Muniz (M Guerra Team) venceu João Paulo “Morfeu” da Costa (Hikari) por decisão unanime (Arbitro: Thamir Pereira)

Card Preliminar

Categoria Peso Pena

Leandro dos Santos(Nordeste Jiu-jitsu) venceu Anderson Barreto “Samurai” (Adois Fight) por nocaute técnico (socos) a 3:47 do 2º round (Arbitro: Leandro Rocha)

Categoria Peso Pena

Ítalo Ribeiro (Ricardo Feitosa) venceu Ricardo Rodriguez (Hikari) por decisão unanime (Arbitro Rodrigo Castanheira)