Cadastre-se | Login

Notícias

01/09/2014 - 16h01

Ronaldo Jacaré embarca para mais um desafio no UFC

Lutador viajou neste fim de semana com a finalidade de encerrar a preparação para o combate contra Gegard Mousasi, que acontece no próximo dia 5 de setembro, em Connecticut (EUA)

Faltando poucos dias para o combate que decidirá o próximo desafiante ao cinturão dos pesos médios (84kg) do UFC, Ronaldo “Jacaré” de Souza embarcou neste sábado (30/08) rumo aos Estados Unidos para finalizar sua preparação para a luta contra Gegard Mousasi. O objetivo da viagem antecipada é ajustar os últimos detalhes e focar exclusivamente no combate, que acontece no próximo dia 5 de setembro, em Connecticut, pelo UCF Fight Night 50.

‘’Essa reta final da preparação é muito importante, tenho que estar cem por cento focado, pois vou enfrentar um adversário experiente. Ele é um especialista em Muay Thay e que costuma ficar muito calmo dentro do ringue. Mas eu estou tranqüilo e muito confiante na vitória, Na verdade só vejo a vitória, nada mais. Tenho armas para vencê-lo e vou usá-las’’, enfatiza Ronaldo Jacaré.

Em seus últimos dias no Brasil antes do embarque, o capixaba iniciou também processo de perda de peso e reforçou bastante os treinos de resistência.

‘’Perder peso não é fácil para nenhum lutador, mas graças a Deus não tenho tanta dificuldade nisso. Entrei na última semana e meu corpo está respondendo muito bem’’, analisa Ronaldo.

‘’Tenho feito treinos diferentes, para lutas de cinco rounds, mas acho que o combate não vai durar tanto assim’’, finaliza Jacaré.

Na opinião do preparador físico Rogério Camões, Jacaré é um lutador diferenciado tanto na parte atlética quanto na parte psicológica. Segundo o treinador, o lutador tem grandes chances de conquistar o cinturão do UFC.

“O diferencial do Jacaré é o lastro fisiológico. Tudo o que foi feito com ele no passado em termos de preparação. Ele é um atleta que sempre competiu em alto nível e sempre se cuidou. Isso fez com que ele o corpo dele criasse um histórico. Hoje, muitos atletas que estão no UFC não tem isso. Ele é um competidor nato que teve um período muito longo dentro das competições de jiu-jítsu e de judô’’, observou o preparador físico Rogério Camões.

“A gente espera muito dele, não apenas para essa luta, mas para o futuro’’, finalizou Camões.

Caso vença a disputa contra Gegard, Ronaldo estará apto a desafiar o campeão da categoria dos pesos médios, que sairá do combate entre o norte-americano Chris Weidman e o brasileiro Vitor Belfort, que acontece em dezembro.