Cadastre-se | Login

Notícias

15/09/2011 - 07h45

Royler perde em noite empolgante no AFC

No dia do Jiu-Jitsu, O Amazon Forest Combat preparou um card para fã nenhum botar defeito. Principal atração de um card recheado de estrelas, Royler Gracie, que se despedia do MMA aos 45 anos, enfrentou uma pedreira japonesa. Masakatsu Ueda, que vinha embalado por grandes vitórias em sua terra natal, venceu o Gracie após 15 minutos, na decisão divida – que acabou gerando certa polêmica. 

Paulão leva a pior, mas jurados dão o empate 

A grande controvérsia da arbitragem na noite, porém, veio na luta anterior, entre Paulão Filho e Satoshi Ishii. O brasileiro até que começou bem, mas seu ímpeto diminuiu assim que o gás foi acabando. O japonês, campeão olímpico de Judô que já treinou MMA com Anderson Silva e Lyoto Machida, começou a ditar o ritmo da luta com bons golpes em pé, levando vantagem em todos os assaltos. Os três jurados não viram desta maneira, anotando o empate. O público vaiou, Paulão reconheceu a derrota e ofereceu revanche, mas Ishii fugiu das polêmicas, lamentando apenas que o empate o deixa mais longe de assinar com o UFC. 

Braga Neto vence estilo Rodrigo Minotauro 

Campeão mundial de Jiu-Jitsu, Antônio Braga Neto entrou na jaula contra o nocauteador Maiquel Falcão, que vinha atropelando os atletas que enfrentava. Braga Neto partiu com tudo em busca da queda no começo, e eventualmente conseguiu, mas Maiquel se livrou e voltou em pé. 

O ex-lutador do UFC conectou potentes golpes na trocação e ficou perto de nocautear Braga Neto, que cambaleava no octagon. O árbitro apostou no queixo do faixa-preta e deixou a luta prosseguir, e o pupilo de Roberto Gordo mostrou, na segunda etapa, que foi a melhor decisão. Após quedar Maiquel, Braga Neto encaixou a kimura e finalizou, conquistando sua sétima vitória na carreira, com apenas uma derrota. 

Ao final do evento, a organização anunciou que o duelo foi eleito o melhor da noite, o que rendeu premiação extra em dinheiro aos atletas. 

Ronys atropela mais um e mira o UFC 

Ronys Torres estreou no UFC após uma série de lesões e não conseguiu render, perdendo duas lutas. Embalado, voltou com tudo aos eventos nacionais e, diante do gringo Drew Fickett, precisou de apenas 47 segundos para nocautear, conquistando seu sétimo triunfo consecutivo. Outros destaques da noite ficaram por conta de Jordan Smith, que venceu o veterano Karo Parisian, e Daniel Acácio, que nocauteou Sérgio Junior ainda no primeiro round. 

RESULTADOS COMPLETOS: 

Amazon Forest Combat

Manaus, Brasil

Quarta-feira, 14 de setembro de 2011 

- Masakatsu Ueda derrotou Royler Gracie na decisão dividida dos juízes;

- Paulão Filho empatou com Satoshi Ishi;

- Ronys Torres nocauteou Drew Fickett a 47s do 1R;

- Braga Neto finalizou Maiquel Falcão com uma kimura a 4min26s do 2R;

- Jordan Smith derrotou Karo Parisian na decisão dividida dos juízes;

- Daniel Acácio nocauteou Sérgio Junior a 2min50s do 1R;

- George Clay finalizou Anthony Birchack com um mata-leão a 1min29s do 1R;

- Alexandre Capitão derrotou Daniel Aguiar na decisão unânime dos juízes;

- Dileno Lopes finalizou Adson Jacaré com uma guilhotina a 1min15s do 1R;

- Rivaldo Junior derrotou André Leocádio na decisão dividida dos juízes.

 

Fonte: Tatame - Por: Guilherme Cruz - Foto Erik Engelhart