Cadastre-se | Login

Notícias

06/12/2010 - 13h26

Show de Jiu Jitsu e dinheiro sem miséria no World League 2010.

Com mais de 1.100 atletas inscritos e um público rotativo de aproximadamente de 7.000 mil pessoas durante o final de semana, o World League Pro Jiu Jitsu vem se fortalecendo a cada etapa e recheando cada vez mais os bolsos dos atletas que não medem esforços quando se tem R$ 100.000,00 em dinheiro como premiação.

Fernando Lopes “Fepa” agradece a participações dos atletas e pede desculpas pelo atraso no primeiro dia de competição: “Quem conhece o trabalho da liga sabe que isso não faz parte da nossa ornganização e que o ocorrido foi devido ao desencontro de informações com a Haiti Tatames que ficou responsável pelos tatames.

Nas finais dos faixas pretas, a chapa ficou tão quente que nem deu para perceber a chuva que caía na tarde de domingo em São Paulo.

A categoria adulto pesadíssimo não ocorreu devido a uma lesão do atleta Igor Silva (GF Team) e dando a vitória para Luis Felipe Theodoro “Big Mac (Tozi JJ).

A categoria adulto meio pesado, Eduardo Santoro “Português” (Cia. Paulista) venceu Serginho Moraes (Alliance) com um arm lock.

Na categoria adulto pesado, Alexandre de Souza (Gracie Floripa) venceu por dois pontos e três raspagens o Alexandro Ceconi (Rillion Gracie).

A categoria adulto super pesado Carlos Diego Gonçalves (Nova Força) foi finalizado com uma chave de pé por Marcus Almeida (Check Mat).

Adriano Silva (Barbosa JJ) venceu a categoria adulto médio com quatro pontos mais duas vantagens Bruno Alves (Gracie Barra - Pernambuco).

E na categoria adulto pena Bruno Frazatto (Atos JJ) venceu Mario Reis (Gracie Barra) por dois pontos mais três vantagens.

Leandro Nascimento “Lo” (Cicero Costha) finalizou Davi Ramos (Atos JJ) com um arm lock na categoria adulto leve.

Na categoria adulto galo Ivaniel Cavalcante (Carioca Team) venceu com quatro pontos mais duas vantagens Igor Rodrigues (Check Mat).

Bruno Malfacine (Alliance) continua com o cinturão da categoria adulto pluma após vencer Pablo Silva (Gracie Barra) por seis pontos mais duas vantagens.

E na absoluto open Serginho Moraes (Alliance) correu atrás do prejuízo e venceu por seis pontos mais duas vantagens Alexandre de Souza (Gracie Floripa).

E durante a categoria do feminina, o céu caía em águas e o público vidrado vendo o show de Jiu Jitsu da mulherada.

E na categoria marrom/preta absoluto leve Michelle Nicolini (Check Mat - Santos) finalizou com uma chave de perna Mariana Ribeiro da (Check Mat – RJ)

Beatriz Mesquita (Gracie Humaitá) venceu com um estrangulamento pelas costas a Luiza Monteiro (Check Mat) na categoria marrom/preta absoluto médio.

E na marrom/preta absoluto pesado Gabrielle Garcia (Alliance) finalizou com um estrangulamento Talita Nogueira “Treta” (Ryan Gracie).

Veja as fotos (((Clique aqui)))

Texto e fotos por: Mauro dos Santos